A marca checa poderá voltar em força com a produção de modelos de design revivalista e tecnologia moderna.

A Tatra, marca checa de luxo fundada em 1919, que se notabilizou durante o período das guerras mundiais e da guerra fria, com modelos cujo design aerodinâmico terá inspirado Hitler e a Porsche, por exemplo, poderá regressar no próximo ano. Segundo o jornal checo Ekonom, os patrões da marca, que cessou a produção de modelos de passageiros em 1999, mas que ainda se mantem na produção de pesados, poderá voltar em força à produção, com um estilo revivalista e tecnologia moderna.

A decisão está pendente e só deverá ser tomada no início do próximo ano, mas o regresso da Tatra poderá retomar as linhas de modelos como o 603 e o 613. Contudo, a possibilidade mais forte é a da recuperação do conceito T600 (na imagem), originalmente lançado em 1948. É possível que neste plano revivalista seja feito em colaboração com um recurso a motores e chassis de um dos principais construtores da atualidade. Os Tatra originais recorriam a motores V8 atmosféricos de colocação traseira. É possível que os novos modelos arranquem em redor dos 100 mil euros. Os novos Tatra poderão, inclusivamente, vir a ser exportados para os EUA.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes